A Ditadura de Prodigus Dux

A Aventura até Agora

A aventura começou!

Todos estavam comemorando o dia da Declaração da República de Fraxia, nossos heróis bebiam na taverna esbanjando alegria, quando de repente toda a feliz música dos bardos foi interrompida. Prodigus Dux, o General do exército Republicano de Fraxia adentrou a taverna anunciando:

Atenção todos, procuramos um grupo de bravos aventureiros que queiram servir a sua República, informamos que é uma missão séria e delicada, e a recompensa é gorda.

Aqueles que estiverem interessados que me procurem no Castelo da Independência.

Nossos aventureiros logo despertaram interesse em buscar essa missão e de imediato saíram da Taverna em direção ao Castelo da Independência.

Ao chegar ao Castelo foram direcionado à sala de Prodigus; logo ao entrarem ele os perguntou:

Então, vocês são aqueles que tem a coragem para servir nossa República?

O (insert name here XD), elfo trapalhão do grupo logo interrompeu a fala de Prodigus trovejando:

E aê, qual que é a recompensa?

Prodigus prontamente respondeu:

Cale a boca inseto! Respeite seus superiores, e demonstre respeito quando se dirigir à mim.

Seguiu-se o silêncio e Prodigus continou:

Muito bem, guerreiros, o problema é o seguinte: Um livro de táticas defensivas da província de Roubaix foi roubado por uma sacerdotisa Kobold, conhecida pelo nome de Sarna, esse é essencial para nós, falhar em sua recuperação, não é uma opção.

Elfo troca-tapa, novamente interrompe perguntando:

Mas, o que será que ela queria com esse livro? O que ele contém?

Prodigus responde:

Nós não sabemos, mas, como ele contém várias informações vitais para proteção local, tememos que ela tenha intenções de vendê-lo ao Reino de Luxar, e não podemos permitir isso. Por isso, demando que partam imediatamente.

Aarong retruca:

Não temos condições de partir essa noite, não podemos partir pela manhã?

Prodigus responde:

Muito bem, hospedaremos vocês aqui no castelo por essa noite, mas, vocês partiram amanhã no primeiro raio de sol!

Os heróis são então guiados aos seus aposentos onde dormem pela sua primeira noite.

Comments

ProFL

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.